A despedida

reflexões sobre competência cultural na comunicação familiar em cuidados de fim de vida

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5712/rbmfc17(44)3173

Palavras-chave:

Filmes Cinematográficos, Assistência à Saúde Culturalmente Competente, Comunicação em Saúde, Relações Familiares, Assistência Terminal

Resumo

A conspiração do silêncio figura como uma temática recorrente no cuidado às famílias que lidam com a terminalidade. Trata-se de uma forma de comunicação frequentemente entendida como prejudicial pelas equipes de assistência à saúde. O filme "A Despedida", de 2019, põe esse assunto em cheque ao explorar a história, baseada em fatos reais, de uma família chinesa cuja matriarca é diagnosticada com um câncer de pulmão que ameaça a continuidade da sua vida. O conflito ético se evidencia, contrapondo as vontades dos familiares que se dividem entre tradições orientais e filosofias ocidentais. O desfecho pouco usual do enredo levanta a discussão sobre diferenças culturais na percepção do bem-estar do fim de vida e abre espaço para aplicação desta reflexão no cuidado às pessoas e famílias de diferentes culturas no processo de finitude.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Rafael Fernandes de Almeida, Universidade de Brasília (UNB), Brasília, Distrito Federal, Brasil

Médico graduado pela Universidade de Brasília. Realizou graduação sanduíche na Universidade de Radboud, em Nijmegen nos Países Baixos. Concluiu seu primeiro ano de residência médica em Medicina de Família e Comunidade no Grupo Hospitalar Conceição, e atualmente é residente do segundo ano na Escola Superior de Ciências da Saúde.

Referências

Wang L. The Farewell [filme]. Nova Iorque: A24; 2019.

Ketiš ZK, Švab I. Using movies in family medicine teaching: a reference to EURACT educational agenda. Zdr Varst 2017;56(2):99-106. https://doi.org/10.1515/sjph-2017-0013 DOI: https://doi.org/10.1515/sjph-2017-0013

DiBartolo MC, Seldomridge LA. Cinemeducation: teaching end-of-life issues using feature films. J Gerontol Nurs 2009;35(8):30-6. https://doi.org/10.3928/00989134-20090706-06 DOI: https://doi.org/10.3928/00989134-20090706-06

Lemus-Riscanevo P, Carreño-Moreno S, Arias-Rojas M. Conspiracy of silence in palliative care: a concept analysis. Indian J Palliat Care 2019;25(1):24-9. https://doi.org/10.4103/IJPC.IJPC_183_18

Watt K, Abbott P, Reath J. Developing cultural competence in general practitioners: an integrative review of the literature. BMC Fam Pract 2016;17:158. https://doi.org/10.1186/s12875-016-0560-6 DOI: https://doi.org/10.1186/s12875-016-0560-6

Graven V, Woods S, Jacobsen-Hviid M. Hospitalised palliative care - from a philosophy of care to rigid guidelines for intervention? Omsorg 2016;33(2):56-62. Disponível em: https://eprints.ncl.ac.uk/file_store/production/227723/076A5BAF-6604-49C0-8FD8-7D8A5BBE0DA2.pdf

Chen X, Fan R. The family and harmonious medical decision making: cherishing an appropriate Confucian moral balance. J Med Philos 2010;35(5):573-86. https://doi.org/10.1093/jmp/jhq046 DOI: https://doi.org/10.1093/jmp/jhq046

Wang H, Zhao F, Wang X, Chen X. To tell or not: the chinese doctors' dilemma on disclosure of a cancer diagnosis to the patient. Iran J Public Health 2018;47(11):1773-4. PMID: 30581799

Mravec B, Tibenský M, Horváthová Ľ. Psychoneuroimmunology of cancer - recent findings and perspectives. Klin Onkol 2018;31(5):345-52. https://doi.org/10.14735/amko2018345 DOI: https://doi.org/10.14735/amko2018345

Li MT, Hillyer GC, Husain SA, Mohan S. Cultural barriers to organ donation among Chinese and Korean individuals in the United States: a systematic review. Transpl Int 2019;32(10):1001-18. https://doi.org/10.1111/tri.13439 DOI: https://doi.org/10.1111/tri.13439

Downloads

Publicado

2022-03-04

Como Citar

1.
Almeida RF de. A despedida: reflexões sobre competência cultural na comunicação familiar em cuidados de fim de vida. Rev Bras Med Fam Comunidade [Internet]. 4º de março de 2022 [citado 28º de junho de 2022];17(44):3173. Disponível em: https://rbmfc.emnuvens.com.br/rbmfc/article/view/3173

Edição

Seção

Resenhas